NA CANA DE RÉDEA
por Christian Herrera 

                                             ESTATÍSTICA OFUSCADA PELA COMISSÃO DE CORRIDAS

         Chegamos ao epílogo de mais uma temporada turfística, onde a grande emoção ficou por conta da disputa da estatística de jóqueis entre dois promissores e jovens pilotos que são Leandro Henrique e Bruno Queiroz. Poderia ter sido provavelmente uma das mais belas disputas que já tivemos na Gávea nos últimos anos, não fossem os excessos e a falta de bom senso que costuma imperar na comissão de corridas do Jockey Club Brasileiro. Não satisfeitos com a dura punição imposta a Bruno Queiroz, quando o alijaram seriamente da disputa pela estatística, agora na reta final, quando faltavam apenas duas reuniões para o fim da temporada, deram-lhe um destes dias como suspensão. Não estou contestando a punição, de forma alguma, apenas a falta de bom senso ao não colocar esta suspensão para ser cumprida nas primeiras reuniões de julho, já na nova temporada, sem prejudicar por mais uma oportunidade a contenda entre os jóqueis.

         O mais engraçado, que numa época em que ouvimos aos quatro cantos que o turfe precisa de renovação, precisa de novos ídolos, é exatamente na contramão destas deficiências que a CC atua. Em vez de fazer uma divulgação maciça em torno da disputa da estatística, atraindo publico, chamando-o para assistir o encerramento da temporada e a disputa em si, não, ainda conseguem terminar definitivamente com a disputa em pista, excluindo por punição, um dos concorrentes, de uma das últimas reuniões.

           Qual seria o ônus de ter dado esta punição para ser cumprida na segunda-feira dia 1 de julho ? Não poderia ser adiada por que era outra temporada ?  Qualquer resposta a estas indagações são meramente ilustrativas por que nada justifica a falta de bom senso, interferindo de forma acintosa no resultado que só poderia ter desfecho nas pistas e não numa fria sala de comissários de corridas.

         Quero deixar bem claro, que isto não se trata de um manifesto em favor de Bruno Queiroz e sim uma constatação que já venho fazendo há tempos com relação às deliberações rotineiramente equivocadas ou exageradas por parte CC. Seja o Queiroz ou o Henrique, a estatística será mais do que merecida pelo que mostraram na pista, que é o único lugar onde as disputas deveriam ser decididas. 

Christian Herrera

Voltar

Turfe Global - Rio de Janeiro - Brasil Tel: (21) 3529-4608

e-mail: turfeglobal@gmail.com

© 2016 by Cash2001 Proudly created with Wix.com